Geral

Truta vira atração nacional na serra catarinense

A próxima edição do FENATRUTA será de 30 de agosto a 29 de setembro de 2019.

Foto: Divulgação / André Monsores

Uma tonelada de peixe. Esse o montante consumido durante o Festival Nacional da Truta (FENATRUTA, que ) chega ao seu término confirmando sucesso e ótimos resultados. Durante 30 dias o evento, realizado em Urubici e Bom Retiro, na Serra Catarinense, foi promovido pela Associação do Trade Turístico de Urubici (POUSERRA). Estima-se que 10 mil pessoas tenham prestigiado o Festival entre a abertura, dia 31 de agosto, e o encerramento em 30 de setembro.

Neste período foram ofertadas ao público diversas opções da gastronomia a base da truta – delicioso peixe de água doce, que permite combinações variadas numa explosão de sabores – em uma das regiões mais charmosas da Serra catarinense. “O sucesso do empreendimento é fruto de trabalho e de boas parcerias, essenciais entre os setores público e privado, para que a cada ano o Festival cresça”, destaca Bianca Antonini, consultora em Turismo e Gastronomia, integrante do comitê organizador. Bianca comemora os resultados. “Esperávamos por um bom festival, mas ele nos surpreendeu se revelando ótimo, batendo recorde de público de todas as edições”, declarou.

Capacidade de planejar

– Além de valorizar e disseminar a gastronomia e cultura locais, onde os sabores e os saberes se harmonizam em uma memorável experiência, conseguiu gerar promoção do destino, o espírito de associativismo, o aumento da competitividade e sustentabilidade dos pequenos negócios do setor, por meio de ações de desenvolvimento, inovação e criatividade, disse.

Com exemplos de iniciativa e paixão pela cultura da Serra Catarinense, o FENATRUTA mostra, ainda segundo frisam os organizadores, que a diversificada gastronomia local pode ser importante fonte de inspiração para os empreendedores. A meta foi priorizar a sustentabilidade e a responsabilidade social, valorizando os chef´s e seus criativos pratos, divulgando o turismo através das pousadas, restaurantes, comércio e, principalmente, os truticultores, que se empenham na expansão do segmento. A produção de truta em Santa Catarina, segundo a Epagri, é de 700 toneladas ao ano e na região da Serra os criadores do pescado vêm ganhando expressão. Nos últimos seis anos o setor cresceu 30%, conforme dados da Acatruta (Associação Catarinense de Truticultores), que reúne 18 associados.

Concebido como um tour gastronômico nos principais estabelecimentos de culinária da cidade, envolvendo pousadas, vinícolas e agências de turismo, o festival tem ainda o mérito de divulgar a Serra Catarinense como potencial turístico em todas as estações. “Ao aliar o saboroso pescado como um produto de origem e identidade geográfica, com os famosos vinhos de altitude, o queijo serrano e as frutas finas orgânicas, conseguimos mais uma oportunidade bem sucedida para movimentar a enogastronomia, gerando e produzindo renda para a região,” comemora Bianca.

A Serra Catarinense está localizada a cerca de 180 quilômetros da capital Florianópolis e é conhecida e admirada pelo conjunto de condições naturais, geográficas, climáticas e culturais que expressa um terroir próprio, manifestado principalmente na culinária regional. Aliado a ingredientes típicos, o cenário gastronômico serrano vem se renovando e assimilando novos produtos, como ficou bem demonstrado com o Festival Nacional da Truta deste ano. A próxima edição foi anunciada para o período de 30 de agosto a 29 de setembro do próximo ano.

Colaboração: GS Comunica

Notícias Relacionadas

Barreira volta a cair na Serra do Rio do Rastro

Uma aconchegante vila em meio à Serra do Rio do Rastro

Câmeras do Serra In Foco flagram resgate de homem que caiu em penhasco na Serra do Rio do Rastro; VEJA VÍDEOS

A câmera registrou ao vivo o helicóptero da Polícia Militar içando o homem.

São Joaquim registra Geada no Dia dos Namorados