Geral

Mesmo sem neve, baixas temperaturas atraem turistas para conhecer as belezas da Serra

Foto: Marleno Muniz Farias/ Prefeitura de Urupema/ Divulgação

Os casacos, gorros e chimarrão foram destaques neste domingo (20) em Urupema, na Serra catarinense, que fica a 200 quilômetros de Florianópolis. Apesar da expectativa de neve, que não ocorreu durante a madrugada, as baixas temperaturas não decepcionaram os turistas, que chegaram a enfrentar o desconforto térmico de -18°C em razão do forte vento, para conhecer a região.

O movimento na cidade foi intenso desde a manhã. Os visitantes aproveitaram o dia para passear pela cidade, que devido à localização, numa baixada, o ar frio se concentra mais e há maior chance de alcançar as temperaturas mais geladas do país.

Foto: Marleno Muniz Farias/ Prefeitura de Urupema/ Divulgação

Entre os pontos turísticos visitados está o Morro das Torres (também chamado de Morro das Antenas), localizado a sete quilômetros do Centro. O topo fica a 1.750 metros acima do nível do mar e é um dos pontos mais altos do Sul do país. O acesso até o local é livre.

Foto: Marleno Muniz Farias/ Prefeitura de Urupema/ Divulgação

A cascata da cachoeira, que fica aos pés do Morro das Torres, chega a congelar naturalmente quando ocorre uma sequência de dias com temperaturas extremamente baixas, também foi um dos locais com movimento.

Outros pontos turísticos que também foram escolhidos para passar o dia foi a Praça Manoel Pinto de Arruda, que possui um jardim suspenso, a Igreja Matriz Sant’Ana, em homenagem à padroeira da cidade.

Com informações do site G1 SC

Foto: Marleno Muniz Farias/ Prefeitura de Urupema/ Divulgação

Notícias Relacionadas

Câmeras do Serra In Foco flagram resgate de homem que caiu em penhasco na Serra do Rio do Rastro; VEJA VÍDEOS

A câmera registrou ao vivo o helicóptero da Polícia Militar içando o homem.

São Joaquim registra Geada no Dia dos Namorados

Site elege a Serra do Rio do Rastro como a estrada mais bonita do Brasil

Geada na região serrana na manhã desta terça-feira

No vale do Caminhos da Neve, há cerca de 03 km do centro de São Joaquim foi onde o acúmulo de gelo foi mais visível.