Geral

Geólogos realizam estudo na Serra do Rio do Rastro

Foto: Divulgação

Os constantes deslizamentos de rochas registrados na Serra do Rio do Rastro preocupam a Defesa Civil catarinense. Somente neste último mês, três eventos foram registrados no local. Por isso, na tarde de hoje, uma equipe de geólogos estará em Lauro Müller para avaliar a situação.

Segundo o coordenador regional da Defesa Civil, Rosinei da Silveira, o trabalho não deverá alterar o trânsito na Serra do Rio do Rastro. “Vamos fazer esta avaliação a olho nu e com o uso de drones. Queremos entender o que vem ocasionando estes deslizamentos, que são tão perigosos”, ressalta.

Um plano de trabalho já existe para minimizar estes deslizamentos na Serra do Rio do Rastro. O documento já foi apresentado aos Governos do Estado e Federal. “Já há a liberação de R$ 20 milhões para realizarmos esta obra”, aponta Silveira.

Falta apenas a liberação deste recurso para que os trabalhos iniciem na Serra do Rio do Rastro, segundo o coordenador da Defesa Civil. Ele explica que o Estado tem ido à Brasília para cobrar a liberação do montante com o Ministério do Planejamento.

Com informações do Portal DN Sul

Notícias Relacionadas

Câmeras do Serra In Foco flagram resgate de homem que caiu em penhasco na Serra do Rio do Rastro; VEJA VÍDEOS

A câmera registrou ao vivo o helicóptero da Polícia Militar içando o homem.

São Joaquim registra Geada no Dia dos Namorados

Site elege a Serra do Rio do Rastro como a estrada mais bonita do Brasil

Geada na região serrana na manhã desta terça-feira

No vale do Caminhos da Neve, há cerca de 03 km do centro de São Joaquim foi onde o acúmulo de gelo foi mais visível.