Geral

Cultivo orgânico gera renda, preserva o meio ambiente e melhora vidas na Serra de SC

Cooperativa de Lages reúne iniciativas de pequenos agricultores da região para promover sustentabilidade.

Cesta de produtos orgânicos são distribuídas por cooperativa em Lages — Foto: Reprodução / NSC TV

Foi em busca de mais qualidade de vida que Luciane e Rafael Floriani começaram a priorizar alimentos orgânicos. Eles encontraram uma alternativa prática e sustentável criada por pequenos agricultores de Lages, na Serra catarinense, que participaram de uma cooperativa que entrega em casa cestas com produtos agroflorestais, após receber os pedidos feitos por meio de aplicativo de mensagens no celular.

Na segunda reportagem da série “Falando de Sustentabilidade”, o Bom Dia Santa Catarina abordou o segundo e o terceiro objetivo da Organização das Nações Unidas, que propõem metas para agricultura orgânica e saúde e bem estar.

“Ver a cesta de frutas e achar uma banana e poder comer sem veneno, ver uma cenoura e comer sem medo. Eu decidi mudar alguns hábitos, mas não sozinha. Quero levar minha família, então coloquei um monte amigos na cesta, pessoas que eu sei que pensam e que desejam isso também”, afirma Luciane.

A cesta que Luciana se refere é preparada em uma cooperativa que recebe apenas produtos orgânicos. São frutas, verduras que agricultores como o Geni Andreolli produzem. As mãos e a experiência são as principais ferramentas de trabalho.

“A minha principal cultura é alface, repolho, cenoura, beterraba, cebola e moranga. Nós trazemos isso de berço: a comida, pra ser saudável, tem que ser pura. Quem está trabalhando está protegido e o consumidor mais ainda, porque quem consegue se habituar a um consumo totalmente orgânico, com certeza vai ter mais vida longa e sem muita preocupação com doenças que são geradas pelos agrotóxicos”, comenta o agricultor.

Entrega das cestas feita por cooperativa de Lages — Foto: Reprodução / NSC TV

Engajamento

Mas, para promover a sustentabilidade no campo e na vida das pessoas foi preciso um envolvimento coletivo de comportamento. Para ajudar a manter essa qualidade, foi preciso o engajamento por meio de uma cooperativa. Na EcoSerra, por exemplo, são reunidos os produtos das propriedades rurais e depois distribuídos aos clientes.

O consumidor faz o pedido pelo celular e a cooperativa entrega em casa. Assim, a sustentabilidade e a renda crescem de forma organizada. “Hoje a EcoSerra comercializa produtos de 438 produtores, em um programa de cestas agroecológica e orgânicas e também em feiras locais”, explica Marciano Correa, que cuida da administração da cooperativa.

Novos mercados

O Sebrae também auxilia, com consultorias, para expansão do mercado. “Nessa cooperativa, um dos trabalhos que estamos fazendo é de abertura de novos mercados. Com consultores, vamos prospectando redes de supermercados e também a venda a porta a porta, mas em grandes cidades”, comenta Altenir Agostini, coordenador do Sebrae.

Para todos os envolvidos, agricultor, cooperativa, Sebrae e os consumidores, este processo é uma forma de cuidar do meio ambiente, garantir a renda de centenas de produtores rurais, e também promover mais saúde e qualidade de vida a agricultores e consumidores.

Com informações do site G1 SC

Notícias Relacionadas

Esculturas do Paredão agora livres da vegetação, em Orleans

1º Rota do Sul pretende movimentar turismo na região Sul

Orleans apresenta pontos turísticos para colegiado da Amrec

Hotel Curucaca

Bom Retiro/SC

Pousada Pica Pau

Urubici/SC

Serra do Panelão

Urubici/SC

Edelweiss Pousada de Montanha

Urubici/SC

Timbó Park Hotel

Timbó/SC

Hospedagem Flor de Tuna

Urubici/SC

Hotel Fazenda Boutique Terra do Gelo

Bom Jardim da Serra/SC

Il Rifugio Cabanas

Urubici/SC

Hotel Fazenda Rota dos Cânions

Bom Jardim da Serra/SC

Pousada Trinca Ferro

Bom Retiro/SC

Pousada Charme da Serra

Bom Jardim da Serra/SC

Pousada Vale da Neblina

Urubici/SC

Bela Serra Pousada

Bom Jardim da Serra/SC

Corvo Branco Estalagem

Urubici/SC

Hotel Verde Serra

LAURO MÜLLER/SC